Vitamina D: saiba mais

imagem

imagem

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel e é a única vitamina que pode ser produzida em nosso organismo por meios dos raios ultravioleta do sol. Vamos aprender mais sobre a vitamina D.

Benefícios

  • Promove a absorção de cálcio;
  • Essencial para o desenvolvimento normal dos ossos e dentes;
  • Ajuda a manter os níveis sanguíneos de fósforo;
  • Controla a pressão arterial e as funções cardíacas;
  • Favorece a formação muscular;
  • Previne a calvície;
  • Combate doenças autoimunes;
  • Regula a secreção de insulina.

Fontes de vitamina D

Os alimentos com fontes de vitamina D são peixes, ostras, óleo de fígado de bacalhau, fígado, ovos, leites e derivados, e também cereais.

Deficiência de vitamina D

A deficiência de vitamina D pode ser causada pela inadequada à luz solar ou pela deficiência alimentar. A exposição adequada para uma boa absorção através dos raios solares é de 10-15 minutos (pernas, braços e tronco).

Os sintomas de falta de vitamina D em nosso organismo incluem desenvolvimento de osteoporose nos adultos, insônia, nervosismo e também diarreia.

Vitamina D para os veganos

A vitamina D só está presente em alimentos de origem animal, não sendo possível encontra-los em fontes vegetais como frutas, verduras e grãos como arroz, trigo, aveia e também quinoa. Desta forma, os veganos precisam obter sua vitamina D através de banhos de sol diários ou por meio de suplementos prescrita pelo médico ou pelo nutricionista.

Vitamina D para gestantes

Estudos demonstram que a suplementação de vitamina D durante a gravidez é importante para combater riscos de morbidades combinadas, como infecções maternas ou parto prematuro.

Quando a gestante possui deficiência de vitamina D, a chance da criança também apresentar essa carência durante a infância é alta. Recomenda-se a suplementação de vitamina D no primeiro trimestre de gravidez. Mas não se esqueça, consulte um profissional qualificado antes de tudo.

Efeitos colaterais de excesso de consumo

Quando consumida de forma adequada, a vitamina D não apresenta efeitos colaterais no organismo. No entanto, altas doses resultam em prejuízos como formação de cálculos renais e aumento de concentração plasmática de cálcio.

Agora você já sabe mais sobre a vitamina D.

 

Roberta Conejo

CRN 2354

Esses textos são orientações, eles não substituem consulta de nutrição.